Dicas

Rodapés: quais os tipos e como escolher?

rodapés

Podemos dizer que os rodapés possuem, basicamente, duas funções. A primeira, e também a mais tradicional, seria a de proteger o revestimento da parede contra impactos. A outra, que cada vez ganha mais importância, é a função decorativa, fazendo a ligação piso–parede e servindo de moldura para o ambiente.

Por conta disso tudo, há diversas opções de rodapés disponíveis para compra, assim como inúmeras possibilidades de uso desse acabamento. Contudo, não precisa se preocupar, este conteúdo foi pensando justamente para te explicar essas diferenças e auxiliar na sua tomada de decisão. Boa leitura!

Principais tipos de rodapés

Na hora que você for comprar rodapés, irá se deparar com diferentes opções de alturas, variando de 5,7, 10, 15, 20 e até de 30 cm. Para saber qual combina mais com a sua residência, a referência é que quanto mais alto for o pé-direito da sua casa —altura do chão ao teto — mais combina um rodapé alto.

Imóveis costumam ter uma altura padrão do pé-direito entre 2,30, 2,50 e 2,80 m. Nesses casos, rodapés de 5 a 20 cm combinam perfeitamente. Entre os principais tipos de rodapés, podemos destacar:

Rodapé sobreposto

rodapés

Opção mais comum, instalada depois de a parede e o piso estarem finalizados

Rodapé embutido

Dá uma estética diferenciada, pois é fixado enquanto a parede está sendo finalizada, de forma que não fique nenhuma saliência na altura do rodapé.

Rodapé invertido

Concede um efeito estético como se a parede estivesse “flutuando”, por isso também é chamado de rodapé flutuante.

Rodapé de MDF

É o tipo de rodapé mais usado atualmente, pois apresenta ótimo custo-benefício e você pode encontrar rodapés de MDF nas mais diferentes cores, tamanhos e acabamentos. Algumas opções mais modernas possuem acabamento em laca e são resistentes à umidade.

Rodapé de porcelanato ou cerâmica

Filetado na própria obra, normalmente é feito do mesmo material do piso. Apresenta ótimo acabamento decorativo, mas tente a ter um custo mais alto.

Rodapés de mármore ou granito

Podem ser encontrados em diferentes tipos de acabamento, polido, escovado ou jateado. São vendidos por encomenda e fabricados sob medida. Esses rodapés são mais caros, mas concedem um visual bastante requintado.

Principais formas de usar rodapés

Normalmente, o piso e a parede são feitos de materiais e cores diferentes e, portanto, o encontro de ambos não tem um visual muito atraente para a casa. Por isso, o rodapé é usado como acabamento nessa junção, ajudando também a cobrir imperfeições e/ou esconder fios, como o de telefone e internet.

Entretanto, para que a estética do seu imóvel não fique comprometida, existem algumas regras de composição e uso de rodapés. As principais seriam as seguintes:

Rodapé do mesmo material do piso

Essa é a opção mais clássica e mais usada para quem está precisando economizar na obra. Não tem muito segredo, basta usar o mesmo material que o piso (cerâmica, porcelanato ou madeira) para fazer o rodapé.

rodapés

Rodapé combinando com a parede

Aqui, em vez de seguir o piso, o rodapé funciona como uma extensão da parede. Nesse caso, basta optar por um produto — ou pintar — da mesma cor que a parede. Além de manter um padrão visual na sua residência, essa opção dá a sensação de que o pé-direito é mais alto.

rodapés

Rodapé acompanhando portas e guarnições

Esta é uma opção bem moderna e ousada que funciona muito bem para quem procura um meio de destacar as portas. A regra de composição aqui é combinar as guarnições — moldura — das portas com o rodapé.

rodapés

Rodapé contrastando com o piso e a parede

Por outro lado, se você prefere fugir do básico e quer uma decoração mais diferente para o seu lar, aposte em um rodapé com uma cor ou material diferente tanto do piso quanto da parede. Contudo, para não criar uma poluição visual, use tons que conversem entre si.

rodapés

Para não errar na combinação, basta se atentar aos acabamentos do ambiente. Se você prefere uma decoração clean, rodapé em madeira clara combinando com o batente da porta é uma boa opção. Por outro lado, se você estiver na dúvida, opte pelo branco, pois é um curinga na decoração é fica bom com todos os projetos.

Agora que você já sabe tudo sobre rodapés, não deixe de conferir os modelos disponíveis em nosso site! E se ainda tiver alguma dúvida, é só deixar nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *