Dicas

Arandelas: como escolher na hora de decorar seu apartamento?

arandelas de duplo efeito usada em baneheiros

Aqui no blog, falamos bastante sobre iluminação, um tema importante na decoração e funcionalidade do lar. Por exemplo, já ensinamos instalar luminárias pendentes, demos dicas de iluminação para home office e mostramos o Plafon. Hoje, é a vez de explicarmos sobre o papel das arandelas no projeto de iluminação residencial.

Para quem ainda não sabe, a arandela é uma luminária de parede que complementa a iluminação geral do ambiente. Esse acessório pode ser decorativo, valorizando pontos específicos da casa, ou funcional, complementando a iluminação e dando mais conforto visual e segurança.

Portanto, a arandela é um item indicado para quem está fazendo o projeto residencial ou quem deseja melhorar a iluminação e decoração do lar. Contudo, existem diversos tipos de arandelas no mercado, cada uma mais indicada para uma ocasião. Neste artigo, vamos ensinar sobre os modelos mais comuns e como escolher a arandela ideal.

Principais tipos de arandelas

Arandela de luz direta

arandela quarto de casal

Modelos que jogam a luz diretamente no ambiente, normalmente são encontradas em materiais transparentes, como vidro ou cristal.

Arandela translúcida

Fabricada em material opaco, serve para espalhar a luz de maneira uniforme e suave pelo ambiente.

Arandela com cúpula

Ficam parecendo como um abajur instalado no teto, combinam com ambientes mais formais

Arandelas uplight

Esta opção serve para direcionar a luz para o alto. Normalmente, são usadas para destacar fachadas ou complementar a iluminação interna de espaços grandes.

Arandelas Downlight

arandelas com luz difusa sala de estar

Ao contrário do modelo uplight, estas jogam a luz para baixo. Dessa forma, são indicadas para valorizar pontos decorativos, como quadros, por exemplo.

Arandelas com duplo efeito

Jogam a luz tanto para baixo quanto par cima. Esta opção pode criar diferentes efeitos de iluminação cênica em casa

Cuidados na hora de escolher esse acessório

Para espaços externos, é preciso avaliar as condições climáticas que afetarão o produto, como vento, chuva, sol, poeira, etc. O indicado é comprar arandelas com IP (Índice de Proteção) superior a 65. Esse valor consta no produto e indica o grau de proteção de acessórios de iluminação.

Por outro lado, como uma arandela interna não será afetada por essas intempéries, as opções são maiores. Nesse caso, o que é preciso considerar é a necessidade de iluminação que o acessório deverá suprir, mas sem ignorar o seu estilo.

Em corredores, escadas e fachadas, as arandelas têm a função de conduzir o trajeto das pessoas. No banheiro, as arandelas complementam a iluminação e ajudam em tarefas do dia a dia, como barbear ou fazer maquiagem. Todavia, em espaços com umidade e vapor, como o banheiro, o recomendado é um grau IP superior a 44.

Esses acessórios também combinam com quartos, servindo de apoio para leitura, substituindo os abajures, ou valorizando a decoração do quarto. Da mesma forma, podem ser aplicadas próximas de painéis, quadros e prateleiras, dando foco em objetos de decoração.

Se você ainda tem alguma dúvida, deixe aqui nos comentários. E antes de sair, não esqueça de compartilhar este artigo em suas redes sociais!

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *